Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

Coisas pelas quais eu não ligo

Imagem
Ou: Sério mesmo, eu não gosto e não me importo
Meu Santo Cristo divino, hoje faz exatamente uma semana que eu não escrevo devido a muitas provas que a escola me obrigada a realizar, um bloqueio de ideias loucamente irritante e a vida juntamente com os astros não se encontram ao meu favor.  Eu não me considero uma pessoa do contra, sou até muito boa de se conviver, eu realmente acho isso. E é pra valer. Mas eu sempre fui do tipo que gosta de coisas que as pessoas ficam meio na defensiva, de alguma forma, e não gostar daquilo que as pessoas, me desculpe o termo pobre, paga pau
Harry Potter Se pra ser uma postagem polemica, que comece com o pé direito. Eu sempre tive amigos que gostam e até de certa forma adora a saga do bruxinho mais famosinho do mundo. A magia do nosso colega, não deu muito certo comigo. Li o primeiro livro da saga com uns 11 anos e simplesmente demorei meses para terminá-lo. Já assisti fragmentos de alguns filmes e simplesmente não senti aquela NOOOOOSSA MANO MELHOR …

A dádiva de não querer saber nada

Imagem
Eu sempre paro pra pensar em como eu sei tanto ultimamente. A quase 6 anos atrás eu nunca pensei que saberia tanto, claro diante do quanto sei hoje. E serio mesmo? Saudade desses anos. Pode ser pelo fato de não cobrar tanto de mim naqueles dias. Sem ter uma vozinha falando comigo em forma de aviso que eu deveria me importar mais. Naquela fase, eu não me importava, eu realmente não dava a mínima pra nada.
Hoje, com 16 anos, uma experiência bizarra de vida estudante-que-mora-sozinha-só-ela-e-Deus, não moro com os meus pais, não tenho mamãe e papai pra me carregar de carro pra onde eu quero, tenho que sempre pensar em tudo que eu vou fazer porque não tem ninguém aqui pra avisar que de alguma forma "ei! isso vai dar merda". Não posso cantar alto porque eu sei que pode-se aplicar uma multa por estar incomodando os vizinhos. Não posso me arriscar com uma cropped porque eu sei que aquela lá vai me olhar com o olho torto. Não posso falar as verdades que me dão vontade porque eu sei…

A minha vida amorosa intervem nas histórias da Disney

Imagem
Eu acabei de assistir pela milésima vez StarStruck: Meu Namorado é uma Superestrela e esse filme sempre me deixa pensativa sobre tudo que idealizo em algo que se relaciona com o amor. Ele me faz pensar até que ponto duas pessoas podem chegar pelo amor, além de me fazer pensar como a vida amorosa de um famoso deve ser mais dolorosa que a minha vida amorosa -pseudoamor-.
As histórias adolescentes da Disney sempre me fazem pensar aonde eu vou chegar quando se trata de um puro amor. Sempre que eu assisto eu fico me lamentando por não ser a protagonista daquele filme e ter nos meus braços o cara perfeito que Disney dispõe para as suas garotas. A Disney ilude e talvez eu nunca tenha me tocado nisso. Quais são as chances de encontrar o amor da minha vida em um acampamento de rock? Ou as chances do cantor pop mais famoso do momento estar totalmente apaixonado por mim? Ou eu e o surfista maravilhoso gostarmos do mesmo filme e surfarmos pra outra dimensão e entrarmos no mesmo?
Eu sou o tipo de…

Se a minha vida fosse um clipe da Taylor Swift

Imagem
Ou: Quanto vou ter que pagar por estar falando dela na internet?
Mercenária ou não, Taylor Swift já foi trilha sonora durante quase todos os meus 16 anos. Talvez dos 13 aos 15, ela veio tocando na minha vitrola me consolando sobre o que ela fala de melhor. De um tempo pra cá minhas concepções sobre a querida tem mudado muito mas não a desconsidero a ponto de odiá-la até a morte. Só não acho ela a coisa mais verdadeira e transparente do mundo. Porém, não esqueço jamais o ombro amigo que a Tay me deu nos piores momentos de coração partido.
Podemos ver claramente o futuro presidente dos Estados Unidos 
Romeu e Julieta de 2015 com todos os direitos reservados™
Love Story Quem diria que essa carinha fofa ia virar o marco capitalista adolescente? Nada mal estar em um belo vestido alá Julieta e encontrar o seu Romeu em um baile de alguns séculos passados. Encararia numa boa sem reclamações, ainda mais um Romeu nessas circunstancias maravilhosas que esse homem se encontra. Correr pelo campo e ir…

Conheça o seu lado triste e dramático

Imagem
Ou: A famosa bad
Nesse exato momento está um tempo super nublado, e diante de todas as séries que tenho para colocar em dia, resolvo dar as caras por aqui em dias seguidos para recompensar essa semana que eu tive um baita bloqueio de pensamentos e ideias, fora a falta irritante de tempo. Essa semana coisas legais aconteceram, mas de quinta-feira pra cá, eu enxerguei em mim um lado que eu odeio, que é o de questionar e reclamar de tudo. Eu não sou do tipo que reclama por qualquer coisa, realmente prefiro guardar certas reclamações comigo para não encher o saco dos que estão ao meu redor, eles não precisam saber oque está me deixando assim.

Quando eu fico com essa índole pode saber que a bad chegou. A famosa bad. Quem nunca teve? Quem nunca sentiu? Quem nunca passou por essa fase? Hoje, eu vim proclamar o meu ampliado conhecimento sobre esse assunto.

Essa é a bad falando comigo
O que é isso? Chamá-la de bad é para os íntimos. Você pode conhecê-la como stress, uma fase de uma rotina diária…

Onde eu me encaixo no mundo

Imagem
As vezes, quem sabe quase sempre, eu me sinto dentro de mim algo me chamando como "porra Lívia oque você tá fazendo da sua vida?" e na moral mesmo, oque eu estou fazendo? Não sei. Comecei a encarar as pessoas da minha sala de aula e cheguei a conclusão que encontro todos os tipos de pessoas que se pode encontrar no mundo. AtletasMatemáticosFísicosCantoresAqueles bons em tudo Futuros médios E só pensei: E EU? Sabe aquele momento do auge da sua vida que você só se questiona o que você faz de melhor? O que você vai fazer daqui pra frente? Me questionei sobre meus talentos e habilidades. Cheguei a conclusão que não tenho altas habilidades em calculo, não sei usar virgulas da forma certa, não sou boa jogando futebol, não sei usar a Lei de Ohm na vida real e não sei falar inglês. Mas cheguei a conclusão que sou uma boa amiga e sei manter amigos, que considero uma virtude (devo?) Eu não sei se tenho talentos. Sempre que as minhas amigas, querem conselhos e motivações para seguir a v…