Epitáfio

no future | via Tumblr
epitáfio
substantivo masculino
  1. 1.
    inscrição sobre lápides tumulares ou monumentos funerários.
  2. 2.
    p.met. a lápide contendo essa inscrição.

Eu vivi bem. Eu vivi bem pra caralho.
Eu deveria ter feito mais coisas, eu deveria ter perdido o meu medo de altura, eu poderia ter lutado mais pela minha liberdade, se é que eu já não era liberta. Eu não era. A consciência sempre me prendeu muito e me limitou de fazer coisas que eu queria ter feito. 
Eu deveria ter pensado menos nos outros e pensar 98% mais em mim. Ser egoísta com uma pitada de um ser humano leonino. Deveria ter feito aquelas luzes verdes no meu cabelo que eu achei que cairiam muito bem em mim. 
Eu deveria ter me entregado mais ao mundo, ser uma pessoa mais comunicativa e com certeza mais alegre, ter ido naquela show do Jota Quest que eu sonhei em ir aos meus 10 anos de idade.
Eu deveria ter deixado o meu medo de lado e lascar um beijo no cara que eu estava a fim, pra saciar a vontade de sentir seus lábios, bonitos até. Ter ficado mais uma vez com os meus amigos e aproveitá-los mais do que eu aproveitei. Eu com certeza deveria ter tomado mais café pela manhã
Eu deveria ter me dedicado mais em matemática e tentar ser boa nisso.
Eu deveria ter acordado cedo para poder contemplar o nascer do sol e ver a sua imensidão.
Talvez eu tenha vivido mais na base da incerteza afinal quem não? Eu durante toda a minha vida pensei muito antes de fazer as coisas e se eu pudesse ter mudado algo em mim mudaria isso, eu com certeza seria mais impulsiva.
Mas eu também tive os meus momentos. Eu conquistei muitas pessoas durante a vida. Nenhuma delas eram iguais, todos com a sua personalidade única e sou grata a eles por todas os bons momentos proporcionados (obrigada de verdade). Eu assisti muito Titanic, assisti pra caralho e não me arrependo nenhuma vez de adorar a magia desse filme. Eu xinguei demais deveria ter me contido nisso. Eu assisti muito desenho animado, talvez umas das coisas que eu mais gostava de fazer.
Eu chorei, porra, como eu chorei. Chorei por pessoas. Chorei por notas. Chorei sem motivo. A vida não são só rosas, foi bom, gosto da sensação do finalzinho do choro sabe? Aquele alivio, foi bom e tive motivos suficientes naquele momento para liberar aqueles rios de lágrimas.
Eu desejei muitas coisas, eu vivi desejando algo. Desejei realizar meus sonhos, desejei me amar muito mais, desejei conhecer meu ídolo, desejei ser amada, desejei roupas, desejei ter um corpo bonito, desejei tirar mais fotos sorrindo.
Eu li muito horóscopo, pra quem sabe os astros me mostrarem alguma saída para o meu desespero. 
Eu deixei muito a oferecer pras pessoas, eu imagino isso. Deveria ter feito mais a elas, uma pena ter sonhado tanto em mudar tudo que estava em minha volta e talvez não ter mudado quase nada.
Mas eu vivi, como eu disse, vivi pra caralho.
Inspiração vindo da música "epitáfio", obrigada ao cara que escreveu. 

Comentários

  1. Gente, me socorre que eu não to bem. Sério, que postagem linda! Acho que se eu fosse escrever uma carta antes/depois da morte, seria algo deste jeito. Me identifiquei bastante com esse texto Lívia!

    [everybody.]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Any!
      hahaha obrigado ♥
      fico feliz que tenha se identificado <3

      Excluir
  2. Se tem uma coisa que eu queria falar é que: ME EMOCIONEI MUITO!
    Cara, eu já li diversos textos, de todos os tipos, confesso que nenhum me chamou tanta atenção assim.. Eu vou levar seu texto de após a morte, se é que eu posso chamar assim, o tempo todo. Agora não vou mais pensar antes de agir em certos momentos, quero aproveitar e viver minha vida!
    http://harmoniz-e.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laura <3
      As suas palavras me fizeram ficar emocionada shasahgshga eu fico feliz que esse texto deixou uma imagem tão positiva pra você, eu fico realmente bem feliz. Só viva a sua vida como você quer ok? Faça o que você quiser e o mais importante faça o que te deixa feliz.
      Um beijo

      Excluir
  3. Wow, amei. Adoro blogs nesse estilo e já estou seguindo "di com força" *______________________*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá meu querido visitante. Muuuuuuuuuito obrigado por você querer deixar um comentário muito foficho da sua parte, seu comentário é mega importante e muito significativo pra mim. Fico feliz que você tenha feito a escolha de comentar (foficho parte 2.) e saiba que eu também vou visitar o seu blog com todo amor que você veio visitar o meu. Enfim, realmente muito obrigada. mi casa es su casa

Postagens mais visitadas deste blog

"O romantismo é uma coisa superestimada, o realismo é o que há"

Curiosidade

Por onde anda a autora desse site?