Em um mundo encantado de Katie McGarry

Instagram
(x)

Talvez mais uma história cafona que eu tive o imenso prazer de ler e adorar até o dia da minha morte, Katie McGarry se tornou a minha escritora mais adorada, idolatrada, salve salve, que já tomei conhecimento durante meus 16 verões vividos. 
Katie traz a tona uma onda de romance um pouco diferente do que eu estava acostumada a ler. Ela tem uma onda mais "sexy", se esse pode ser o termo correto a ser usado. Nós tivemos contato pela primeira vez na biblioteca da minha escola, e não foi amor a primeira vista não mesmo. 
A primeira vez que você lê o título "No Limite da Atração", com seus meros 15 anos a primeira coisa que passa pela sua cabeça é: Não tenho idade para isso. Porém, com meus pensamentos perambulantes cheguei a conclusão de: Por que não?
Infelizmente Katie só tem duas obras lançadas no Brasil, mas enquanto só temos a ilustre presença desses, melhor pouco do que nada.


a) No Limite da Atração 
Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal. Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada. Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.

Antes de você se aventurar no mundo de Noah e Echo, você tem que preparar o seu psicológico para enfrentar a vida perturbada de Echo. A história envolve mistérios do passado dela, e Noah aos poucos vai ganhando espaço oque te deixa 100% muito envolvida em tudo que acontece durante o livro. Muito drama por trás de cada capítulo e claro muito amor pra você se derreter a cada instante.

b) No Limite da Ousadia 

“No limite da ousadia” conta a história de Beth Risk, a amiga durona de Noah, de No limite da atração. Este livro é um spin-off, passando-se no mesmo universo do primeiro, com participações especiais de Isaiah, Noah e Echo. Se você é fã de No limite da atração ou está descobrindo este mundo agora, certamente vai se deixar envolver pela paixão perigosa e arrebatadora de Beth e Ryan.

No Limite da Ousadia, consegue ocupar a sua atenção 24 horas por dia/7 dias da semana. Eu achava que Echo era o poço de drama profundo, até conhecer Beth. Ela é a típica revoltadinha que adora ser a diferenciada, louca meio rebelde, que tem o seu destino cruzado com o atleta da escola Ryan, um cara que meio que faz apostas com os amigos para tudo. Pode suar super clichê o enredo, eu também achava, porém como o mundo é cheio de controvérsias, nem tudo é oque parece ser.

Você pode ter acesso a ela no seu site, ela tem um espaço apropriado para mandar e-mails. Eu já tive a honra de ser respondida mesmo com o meu inglês bizarro, e ela foi um amorzinho (mil emojis de corações pra mostrar todo o meu amor)
Opiniãozinha básica: No Limite da Ousadia é um livro que te prende muito mais do que No Limite da Atração. Talvez seja as vidas cruzadas e totalmente diferentes que eles tem mais do que Echo e Noah, talvez seja o mundo todo conspirando contra o amor que torne o livro tão diferente dos outros. Eu não sei, um ano se passou e eu ainda não encontro algo para colocar na balança e notar uma grande diferença em relação ao se apaixonar pelas histórias da McGarry.

Comentários

  1. Cara quando eu li "esbarrei com ela na biblioteca da minha escola" eu pensei que tu já tinha conhecido ela pessoalmente kkkkk mas sério eu também comecei a ler esse tipo de livros com 15 anos, porque minha mãe lia muito e eu ficava curiosa ha, ha. Hoje sou apaixonada. Na verdade por tudo envolvido a romance. E esse não parece ser daqueles que te entediam em nadinha. Fiquei maravilhada com tão legal parece ser. E ainda mais com tão fofa ela é. Deve ter sido muito emocionante hein?!

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá meu querido visitante. Muuuuuuuuuito obrigado por você querer deixar um comentário muito foficho da sua parte, seu comentário é mega importante e muito significativo pra mim. Fico feliz que você tenha feito a escolha de comentar (foficho parte 2.) e saiba que eu também vou visitar o seu blog com todo amor que você veio visitar o meu. Enfim, realmente muito obrigada. mi casa es su casa

Postagens mais visitadas deste blog

"O romantismo é uma coisa superestimada, o realismo é o que há"

Por onde anda a autora desse site?

As fiéis promessas